4.24.2006
Infância
"Ouve uma vez...
Em que éramos crianças...
Que ouvíamos as vozes de anjos...
Dizendo que nenhum mal irá nos alcançar...

Que a vida seria eterna...

Ouve um tempo...
Que nossos sorrisos eram nossas marcas...
Nossas armas nessa eterna jornada...
Nossas almas...

Eu ainda lembro...

De tudo que passamos...
De todos os momentos, eternos...
Das vidas que passaram...
E daquelas que nunca foram embora...

Eternamente...
Vagamos pelo tempo...
Nos olhos das crianças...
E nas crianças que um dia fomos...

E que sempre seremos..."
Escrito por Patric Dexheimer as 11:29 PM | 7 Comentários

Postar um comentário

4.14.2006
Search For YourSelf.
"Decepcionei muitas pessoas dizendo que não acreditava em Deus. Aos poucos elas esqueceram essa decepção. Pois notaram que Deus não está trancado na religião que cada um segue. Notaram, que Deus está contido em cada ato de Amor que, mesmo minúsculo diante desse infinito universo, fará uma infinita diferença para a pessoa que o recebeu." By Me.



"Quando não houver mais nada que possamos trocar
Possuir
Roubar
Ou vender

Quando não houver nada inteiro por termos desmontado tudo
E
Simplesmente partido
Prosseguido

Quando não houver mais nada que possamos deturpar
Usar
Abusar
Ou violar

Então você estará livre para calcular o quanto você salvou " Pain Of Salvation - Nihil Morari
Escrito por Patric Dexheimer as 10:47 AM | 3 Comentários

Postar um comentário

4.11.2006
Empty World, Supressed Values
Um texto antigo... não representa meu atual estado. Mas é no mínimo, interessante.




"Vazios... bando de tolos, cegos.
Olhares... medo de dar UM passo sozinho...
Brisas... ...tremores que impedem de seguir caminho.
Sangue... demasiado, em minhas visões.

ONDE ESTOU?

Coração desse insano mundo... ...Vazio.
Tentamos nos agarrar na HONRA,mas... ...Olhares.
Companhias, nos abandonam a mercê da solidão... ...Brisas.
escorreu entre meus dedos... esperança... ...Sangue.

PARA ONDE CORRER?

Tudo que criamos... ...tudo que pregamos.
Por todos os Deuses... ...Por tudo que acreditamos.
Onde pousar o OLHAR... ...como podemos sair ILESOS?
Feridas da Eternidade... ...num mundo sem CURA.

Vivemos uma vida, criamos nossos valores, para serem devastados pela
Ignorância,
Dor,
Medo.

Depositamos em nossas palavras
Amor,
SENTIMENTO,
Calor.

Para sermos julgados por pessoas com mente
VAZIAS,
insanas,
cegas.

Morte, tão simples, mas o VAZIO nos segue
Através da Morte.
Através do Corpo.
Nos passos da Escuridão.
No brilho do Sol.

Pelas ERAS,
Corroendo a Alma.

Alma da EXISTÊNCIA.

Como consequimos chegar AQUI?
incrível me parece...
essa Alma não se esgotar,
essa essência não se acabar,
essa esperança PERSISTIR..."




"Houve um tempo quando ele era forte e cheio de visões.

Com a vida pela frente ele determinou seus objetivos.
Então tudo deu errado.
Agora suas ambições se tornaram sorrisos mantidos em molduras.
Ainda poderia ser forte poderia ser um profeta!
Ele poderia ensinar a verdade a todos os homens!
Ele veria a luz através de cada sombra, mas Entropia nega que ele possa fazê-lo!
Ele está sentado imóvel enquanto a noite cai. Sozinho ele sussurra seu "boa noite"
Afastando-se, quando o sono o chama, de todas as pessoas passando..." Pain Of Salvation - People Passing By

Escrito por Patric Dexheimer as 12:43 AM | 3 Comentários

Postar um comentário

4.03.2006
Message To God
Vi pela primeira vez essa brincadeira numa comunidade do Pain Of Salvation, e como achei interessante vou reproduzi-la aqui.

A idéia é simples. Originalmente umas das musicas do Pain Of Salvation, foi criada da seguinte maneira: Foi deixado uma "secretaria eletrônica de Deus", onde qualquer um que quiser-se deixar seu recado, pergunta ou qualquer frase seja agradecendo-o ou questionando-o, poderia deixá-la nessa secretaria eletrônica. Com algumas das mensagens deixadas foi criado a música "Vocari Dei". Agora imagine que você possa fazer o mesmo e deixe sua mensagem para Deus nos comentários desse post. Como sempre, você é livre para escrever o que quiser...

Vou começar colocando o que originalmente coloquei na comunidade:

"Quando terminar seu livro, gostaria de uma cópia, pois acredito que será um best-seller de primeira. Mas não ponha o título 'Humanidade': pois, para um livro de horror, acho que esse título irá espantar os leitores."
Escrito por Patric Dexheimer as 11:48 PM | 13 Comentários

Postar um comentário

4.02.2006
Eu brindarei!
"(...)
III. Eu brindo

Dizem que é solitário no topo
Então estou tão sozinho quanto se pode estar
Mas eu não me arrependo
Veja, eu escolhi essa companhia
Tenho um time vencedor
Sou Eu, Eu Mesmo e Eu (*)
Podem apostar que é solitário no topo, velhos amigos
E hoje eu contarei a vocês idiotas o porquê!

Dinheiro é o que há...
Eles afirmam que eu sou pago por minha grande Responsabilidade
Mas você sabe...
que isso é só uma desculpa esfarrapada
para minha egocentricidade
Eles dizem que somos iguais, eu e vocês
E eu realmente concordo
Veja:
Assim como eu,
vocês vivem para mim
até o dia de suas mortes
Por isso eu brindo a todos vocês que realmente acreditam que eu sou pago por minha grande responsabilidade
Pra todos vocês que caem nessa e pagam as minhas contas
Pra todos vocês que pensam que meu modo de vida não afeta o meio-ambiente
ou a pobreza
Bem, talvez não mais do que marginalmente
Bom pra vocês!
E querem saber?
Um brinde a vocês...
Ergo a minha taça, para aqueles entre vocês que dão suas fatias do bolo de graça para que eu as jogue na cara da democracia
Para aqueles que ajudam a tornar a solidariedade ideologicamente fora de moda
e caridade individualmente idiota, não sábia e característicamente maleável
Eu vos saúdo, pobres bastardos, porque todos vocês consentem enquanto eu sento à vossa mesa
Vamos brindar uma última vez, para dar a todos vocês o maior reconhecimento e crédito de todos os tempos - porque, afinal de contas, vamos encarar, esse é o único "obrigado" que vocês algum dia receberão
Então vamos lá - levantem suas taças!
Um brinde a vocês!
Nada restará - não!
Nada...
...além de dinheiro " Pain Of Salvation - Dae Pecuniae

*
originalmente: "me, myself and I"


Brindarei a esse mundo, que não sabe fazer nada a não ser esperar retornar a condição inicial de existência - o "nada".

Escrito por Patric Dexheimer as 11:33 PM | 3 Comentários

Postar um comentário

Nome: Patric Dexheimer
Idade: 24 Anos
Cidade: Guaporé/RS

"Torna-te aquilo que és"

Para os novos no blog, recomendo que leiam o primeiro post(Beginning).

Para enviar textos:
msn : this_dying_soul@hotmail.com
e-mail : patric.dexheimer@gmail.com

Meu Orkut

Para os que apreciam meu blog, deêm uma olhada em minha Comunidade.

[ Posts Recentes ]

[ Passado ]

[ Visitantes ]

[ Sites ]